Está cada vez mais difícil conseguir identificar se uma mulher é lésbica ou bissexual. Não vamos considerar aquelas com os trejeitos já conhecidos pela sociedade – as mais masculinas.

Hoje (e acho que desde sempre) muitas delas podem até namorar homens por anos e nem ao menos imaginamos que elas já viveram ou gostariam de viver uma experiência homossexual.

Quando contei para algumas pessoas que já tinha beijado uma mulher, muitos me olharam com incredulidade: “Você? Nunca imaginei”. Quando comecei a namorar, a surpresa foi ainda maior.

A minha namorada passou pela mesma situação. Quando contou para os colegas de trabalho também causou surpresa. Ela é muito feminina e os poucos que não sabem nem imaginam que ela tem um relacionamento com uma mulher. Para quem não é íntimo, ela não comenta sobre nosso namoro. Mas isso não é por namorar uma mulher, mas sim porque ela é reservada mesmo.

Há alguns meses, imaginei que já estava pegando o jeito para descobrir se uma menina tinha alguma tendência homossexual ou bissexual. As unhas curtas, por exemplo, eram um indício, como comentei em um post anterior. Mas definitivamente, esse não é um meio certo de descobrir. Muitas lésbicas têm unhas compridas.

O fato de não comentar sobre o namoro também parecia ser uma dica de que aquela menina curte. Nem sempre. Muitas se referem à namorada como se namorassem homens e ninguém desconfia.

Não consigo fazer a mesma coisa. Simplesmente não comento nada no meu trabalho. As pessoas ficam tentando saber sobre a minha vida amorosa e eu desconverso. Pois é, cada caso é um caso.

O olhar eu também acreditava que dizia muito. Mas, se você é mulher, vai me entender: é fácil disfarçar, quando realmente se quer.

Há também aquelas que morrem de vontade e reprimem isso por anos. Ou porque não tiveram oportunidade ou porque não têm coragem. Se você está realmente interessada em uma mulher, talvez seja preciso que você dê um empurrãozinho. Vale conversar sobre o assunto e dizer que você é totalmente a favor do casamento homossexual, por exemplo. Também diga que beijaria uma mulher e não vê nenhum problema nisso. Quebrar o gelo sempre é bom.

Pode ser que ela minta, dizendo que nunca viveria uma experiência homossexual. Isso costuma acontecer com muitas mulheres. Mas também pode ser que ela realmente não tenha interesse. Só o tempo irá dizer. Se ela nunca beijou uma mulher, vá com calma. Você não vai querer assustá-la e nem fazê-la se afastar de você. Pelo menos enquanto a sociedade ainda não aceita realmente que isso é natural.

E se perceber qualquer indício, invista. Do contrário, pode ser que vocês nunca vivam essa experiência. E ela vai continuar acreditando que é mais confortável continuar vivendo com medo de ser feliz. Ou de pelo menos experimentar algo que ela sempre quis.

Alguém já tentou descobrir? Compartilhe com a gente sua história.

The page you were looking for doesn't exist (404)

404!

The page you were looking for doesn't exist.

You may have mistyped the address or the page may have moved.