Infelizmente você deve conhecer alguém homofóbico. É aquele cara ou aquela menina que diz ter nojo de beijar alguém do mesmo sexo. Ou alguém que não pode ouvir falar de bissexualidade ou homossexualidade: eles ficam agressivos, dizem que é um absurdo, que é anormal e chegam até ao extremo de querer partir para a violência.

Mas ganhamos mais um estudo para nos mostrar que ainda vivemos em um mundo hipócrita. Uma pesquisa divulgada no portal UOL e publicada pelo Journal of Personality and Social Psychology, aponta que as pessoas homofóbicas sentem atração por pessoas do mesmo sexo. E mais: O comportamento agressivo em relação aos homossexuais seria uma forma de reprimir o desejo sentido que, por uma série de motivos (como a criação recebida pelos pais), a pessoa considera errado.

Nos testes envolvendo 160 estudantes universitários, entre alemães e norte-americanos, os pesquisadores buscaram saber qual o tipo de criação familiar dos estudantes e suas opiniões políticas e crenças. Entre as respostas estavam “Meu pai evita homens gays” e “Seria perturbador para minha mãe descobrir que ela estava sozinha com uma lésbica”.

Os pesquisadores descobriram a atração sexual explícita e implícita dos participantes. E chegaram a uma conclusão que nós bissexuais e homossexuais já sabíamos: o preconceito é só uma forma de esconder o que realmente desejam. E talvez essa desejo nunca será revelado, porque é mais fácil viver fingindo.

Lembrem que não estou aqui pregando que o mundo é gay ou bissexual. A pesquisa fala que as pessoas homofóbicas têm essa tendência, mas não afirma que todas as pessoas no mundo sentem atração por alguém do mesmo sexo. Vamos respeitar a individualidade e os desejos de cada um. E eles não precisam ser iguais a nosso.

The page you were looking for doesn't exist (404)

404!

The page you were looking for doesn't exist.

You may have mistyped the address or the page may have moved.