Umas das maiores dúvidas das mulheres é descobrir o que as torna bissexuais.

Algumas acreditam que seja o envolvimento emocional, outras apostam que é preciso sentir atração e tem aquelas que afirmam que apenas um beijo basta.

Depende muito de como tudo acontece. Tenho amigas que já sentiram muito desejo e não beijaram. Mas posso apostar que elas são bissexuais.

Já outras amigas nem tinham tanto desejo, mas tiveram coragem de beijar. E beijaram várias vezes, mulheres diferentes, só de “brincadeira”.

Um dia conversei com uma das meninas que beijou várias mulheres e se diz totalmente heterossexual:

- Se você não gosta de mulher, por que beijou?
- Tive vontade, estava bêbada e aconteceu…
- Mas você não sente nada mesmo…? Nadinha…?
- Não. Não mesmo… imagina namorar uma mulher? Eu gosto de homem
- Entendi… mas você nunca pensou nisso?
- Eu nunca me apaixonaria por uma mulher…
- Talvez não seja um pouco de preconceito?
- Pode ser. Mas eu sei que gosto de homem. Mas acho legal a sua relação com uma mulher. Parece ser tão mais fácil né? Os homens não têm sensibilidade pra várias coisas… já as mulheres… acho que vou namorar mulher (risos)
- É muito bom sim. Mas essa boa relação e essa sensibilidade depende do casal. Seja homem ou mulher. Também há mulheres insensíveis

O diálogo acima mostra que mesmo uma pessoa de cabeça bem aberta pode ter esse tipo de “preconceito”. Ele está lá, guardadinho, e não pensa em sair tão cedo.

Não digo que essa menina se interesse mesmo por mulheres. Na verdade, eu nem acho isso, apesar de ela ter beijado várias de suas amigas em momentos de farra. Eu sei o quanto ela gosta de homem. E acredito – por ser a pessoa que ela é -, que ela nunca tenha se apaixonado por uma mulher. Ela teria me contado (eu acho).

Comigo isso também nunca tinha acontecido. Fui me apaixonar pela primeira mulher depois de ter beijado algumas e não sentir nada emocional. Absolutamente nada mesmo. Por isso eu continuava batendo na tecla: é apenas um desejo, uma vontade que sempre tive. Vou realizar e logo passa.

Mas não passou. A partir do momento que você “abre essa porta” é difícil de fechar. Não que você só vá se envolver com mulheres para o resto da vida. Isso é você quem vai decidir (ou deixar o seu coração decidir).

O beijo, na verdade, foi o começo de tudo. Quando beijei uma mulher percebi que a minha curiosidade era mesmo um desejo. Que esse desejo era uma atração reprimida. E que faltava a mulher certa para essa atração se tornar uma paixão e depois virar amor.

Quer dizer então que se você nunca beijar uma mulher, essa porta vai continuar fechada e você continuará sendo a heterossexual que “sempre quis”?

Seria uma doce ilusão pensar isso. Desde que percebi esse desejo, ele nunca passou. Mesmo quando estava com o homem que achei que iria casar. Você sabe que esse desejo está lá e uma hora precisa sair. E se não sair, você vai continuar torcendo pra sonhar com aquela mulher e não parar mais…