Ontem fui a um bar GLS com minha namorada e dois casais gays – um de homens e outro de mulheres. Essas reuniões são sempre interessantes para debatermos a nossa sexualidade.

A minha namorada introduziu o assunto da bissexualidade na mesa. Apesar de ela já ter namorado e ficado com muitos homens, ela não acredita na bissexualidade.

Ela diz que desde quando passou a se envolver com mulheres, deixou de imaginar um relacionamento com homens. Apesar disso, ela chegou a namorar homens depois do primeiro namoro lésbico e teve alguns momentos com alguns outros. Mas para ela, não é a mesma coisa.

Todas as outras pessoas da mesa concordaram com ela. O casal de namoradas disse acreditar que a pessoa sempre tem uma tendência maior para um dos lados. Os garotos foram mais firmes: não existe homem bissexual. Eles acreditam que os homens que gostam de homens e se envolvem com mulheres só se aproximam da ala feminina por conta da sociedade. Apenas para provar algo que não são.

Fui a única voz discordante da mesa. Eu disse que acreditava na possibilidade de uma pessoa se apaixonar por ambos os sexos. Isso aconteceu comigo. Foi então que uma das garotas me questionou: se você terminasse com a sua namorada, você voltaria a namorar homens?

Respondi que atualmente não há resposta para isso. Não penso nisso, justamente porque não quero terminar o namoro. A gente só começa a pensar em uma possibilidade dessas quando um namoro acaba ou está para acabar. Ou se você tem algum desejo retraído– quando mulheres ou homens em relacionamentos heterossexuais morrem de vontade de experimentar alguém do mesmo sexo.

Quando eu estava com um homem, poderia até sentir atração por algumas mulheres, mas eu não me via ao lado de nenhuma delas. Pensava realmente que eu iria casar com ele.

A gente nunca sabe o dia de amanhã. Mas podemos nos basear no nosso passado. E baseado nele, depois de quase oito anos com um homem e quase dois anos ao lado de uma mulher , posso garantir que a bissexualidade existe. Lembrando que ser bissexual não é ficar atraído a todo momento por homens e mulheres, mas saber que existe ou já existiu a possibilidade de estar com ambos.

Qual a opinião de vocês?