Os homens encontram em outros homens relações sexuais mais frequentes, intensas e variadas. Essas são as principais características que os fazem se envolver com alguém do sexo masculino, segundo a terapeuta Marina Castañeda, autora do livro “A Experiência Homossexual“.

Em seu livro, ela cita o depoimento de um homem bissexual, de 52 anos: “Para mim, o sexual e a estética encontram-se do lado dos homens; o afetivo, mais do lado das mulheres. A bissexualidade parece-me a escolha ideal”.

Outra questão citada pela autora é que apesar de se sentirem extremamente atraídos por outros homens, os bissexuais gostam também da estabilidade e dos filhos que um “casal heterossexual” pode oferecer.

Acredito que muitos homens irão concordar com esse depoimento. Um leitor, recentemente, também levantou a ideia de ter um relacionamento sério com um homem e com uma mulher. Justamente porque cada um pode oferecer algo diferente e interessante.

A mulher, nessa história, ao que me parece, acaba sendo escolhida geralmente pelo dom de gerar filhos. Se os homens também tivessem esse privilégio, talvez essa matemática fosse diferente.

No caso do personagem do livro de Marina, ele também cita que consegue manter uma relação mais duradoura com uma mulher, enquanto com os homens acaba sendo algo mais “superficial”, que dura pouco.

Vou fazer uma provocação aos homens nesse sentido. Acho que muitas vezes, alguns homens veem as mulheres quase como uma mãe, uma figura que poderá cuidar deles para sempre. Ela é mãe dos filhos, ela é quem cuida de mim, quem faz a comida, quem “resolve as coisas”. Tudo isso dá uma enorme sensação de segurança. Está tudo errado. Parem já com essa história, esse pensamento faz qualquer relação desabar. Quem quer fazer algo “variado” com alguém assim? Obviamente as mulheres são chutadas pra escanteio e no lugar delas vem alguém do sexo masculino oferecer o verdadeiro prazer. Acredito que isso possa acontecer mesmo que a mulher seja uma incrível parceira sexual, mas é mais difícil.

Ao mesmo tempo há aqueles homens que preferem o sexo masculino, mas se escondem atrás de uma mulher. Eles, na verdade, têm um enorme preconceito dentro deles e precisam de uma relação tradicional para mostrar à sociedade (e principalmente á família) que são homens de sucesso. Então não se permitem amar um homem – ou pelo menos admitir isso.

Sinceramente? Nenhuma pessoa no mundo pode oferecer absolutamente tudo o que uma pessoa gostaria, mas pode chegar bem perto disso. Então, se você quer viver uma relação estável, faça sua a escolha. Caso contrário, fique solteiro e aproveite um pouco do que muitas pessoas podem te oferecer.

Escrevi esse post depois de receber vários comentários de homens me pedindo para abordar o assunto. Gostaria que vocês se manifestassem, meninos. Talvez vocês digam coisas que não saibamos.

Meninas, e vocês, o que acham?