CoraçãoDepois que minha namorada contou para a mãe sobre o nosso namoro, tudo mudou. E mudou para melhor. A mãe dela agora sempre pergunta sobre mim e passou a falar sobre a homossexualidade com mais naturalidade. Na semana passada, tivemos um almoço em família. Ela inclusive, chegou a dizer que eu já era da família. Foi uma das frases mais maravilhosas que já ouvi na vida.

A mãe dela, uma senhora religiosa, que sempre ouviu que a relação entre pessoas do mesmo sexo era errada, agora me trata como uma filha. É incrível essa sensação. Acredito ser a sensação que todos os filhos, genros e noras homossexuais gostariam de sentir. É tão bom se sentir aceito, tão bom sentir esse carinho da família. A minha mãe sempre aceitou tranquilamente, desde que soube. Sempre tive o carinho e o apoio dela. Mas o meu desejo sempre foi que os pais da minha namorada também agissem assim.

Sempre fui uma pessoa muito família e para mim seria muito triste não conseguir conviver em harmonia com os pais da minha namorada. E eles me tratam hoje da melhor maneira possível. Não tenho nem palavras para descrever.

Não sei se essa atitude deles pode acontecer com todos os pais que não aceitam um namoro homossexual. Só posso dizer que é possível acontecer. As pessoas podem mudar de atitude, podem mudar de opinião, porque no final, o mais importante é o amor que os pais têm pelos filhos. E nada é mais forte do que isso.

Essa é uma das melhores coisas que poderia acontecer na minha vida. Agora me sinto muito melhor em ser quem eu sou. E tenho certeza que a minha namorada também.