imagePrimeiramente, feliz ano novo a todos! Saudades de falar com vocês por aqui. Tenho boas novidades para começarmos bem o ano.

Como muitos devem saber, ainda não assumi para todos o meu namoro com uma mulher. Faltam alguns amigos e colegas de trabalho.

Moro em São Paulo, uma cidade com muitos gays, mas ao mesmo tempo muita violência contra quem decide assumir a sua sexualidade publicamente. Muitos homossexuais já morreram nas ruas paulistanas, nas mãos de pessoas que não respeitam e quem sabe nunca respeitarão a homossexualidade.

Por esse motivo, eu e minha namorada evitamos qualquer demonstração de carinho em público. Em dois anos de namoro, nunca andamos de mãos dadas nas ruas, apenas nas baladas GLS.

Mesmo com toda essa cautela, conseguimos evoluir nesse final de ano. Viajamos para o Rio de Janeiro para passar a virada e decidimos lá que andaríamos de mãos dadas em plena multidão. Ficamos receosas no começo, mas logo o medo desapareceu. Ninguém ficou nos olhando torto e não ouvimos nenhum comentário maldoso. Foi uma ótima experiência.

É uma conquista. Eu nunca havia sentido a sensação de andar de mãos dadas com a mulher que eu amo. Foi maravilhoso sentir o toque dela a todo momento, senti-la alternando a posição da mão porque ela preferia ficar com os dedos entrelaçados em vez de apenas segurar a minha mão ou deixar eu segurá-la. Sentir as suas mãos suando e segurando com menos força por causa do forte calor carioca. E sentir que eu podia mostrar àquelas milhões de pessoas que eu tenho alguém muito importante na minha vida e não preciso esconder isso de ninguém. Naquelas horas, eu não me importei se veria alguém conhecido. Não fiquei constrangida de beijá-la e não me policiei tentando saber se alguém estaria incomodado com aquela cena. Naquele momento nada importava, apenas aquela mão que estava junto da minha, demonstrando o quanto o amor entre duas pessoas do mesmo sexo é algo bonito e genuíno.

Não queremos que nenhuma ameaça ou medo de violência nos tire esse novo prazer que conhecemos no Rio e agora vamos querer trazer pra São Paulo.

Sinto que será um ano ainda melhor. E é maravilhoso poder compartilhar isso com vocês!

Um grande abraço e um ótimo ano para todos nós!

The page you were looking for doesn't exist (404)

404!

The page you were looking for doesn't exist.

You may have mistyped the address or the page may have moved.