LésbicasPatrícia* nunca tinha tido muitas experiências na vida. Beijou um homem rapidamente aos 15 anos, mas não se apaixonou perdidamente. Era difícil se apaixonar, ninguém parecia conseguir conquistar aquele coração. Ela também não tinha muitos amigos. Isso mudou quando conheceu Isabella*. As duas começaram a sair juntas todos os dias na companhia de outros dois amigos.

Um dia, quando estavam sozinhas, Isabella se aproximou e a beijou. Patrícia explodiu internamente. Não sabia o que pensar, muito menos o que dizer. Ela nunca tinha pensado em Isabella dessa forma. É fato que adorava a companhia dela e contava os minutos para estarem juntas, mas ela nunca entendeu muito bem esse sentimento, ou pelo menos nunca tinha parado para pensar nele. Pela primeira vez na vida, aos 18 anos, se apaixonou perdidamente. E as duas namoraram durante longos anos.

Essa história verídica, contada a mim em um depoimento, mostra um pouco do que acontece com muitas mulheres. Muitas delas nunca tinha pensado em estar com uma mulher quando surge uma “amiga” e muda tudo. Essa única mulher consegue despertar um desejo que parece nunca ter existido. E ele passa a reinar com mais força do que se poderia imaginar e toma conta completamente.

Muitas pessoas me enviam e-mails do tipo: “Sempre me relacionei com homens a vida inteira e agora conheci uma mulher que está me deixando confusa”.

Essas mulheres são homo ou bissexuais? Arrisco uma opinião (e lembrem que nada aqui é científico). Acredito que sim. Assim como nem todas as pessoas do sexo oposto nos atraem, o mesmo acontece com pessoas do mesmo sexo. Digo por mim. Eu nunca tinha me apaixonado por nenhuma mulher até conhecer a minha namorada. Até julguei que um amor homossexual nunca existiria na minha vida. Mas aconteceu de uma forma tão intensa que ela se tornou o meu grande amor. Estando com ela, continuo pensando a mesma coisa. Acredito que eu não conseguiria me apaixonar por nenhuma outra mulher. Isso não exclui o fato de eu ser bissexual. Não preciso me atrair por várias mulheres para saber disso.

*Os nomes são fictícios

The page you were looking for doesn't exist (404)

404!

The page you were looking for doesn't exist.

You may have mistyped the address or the page may have moved.