GayQuando comecei a fazer o blog, tinha começado recentemente o namoro com uma mulher. Apesar de ter amigas lésbicas, eu não conhecia com tanta propriedade o mundo GLS.

Eu achava que era relativamente fácil perceber se uma pessoa é bissexual ou homossexual.

No caso das mulheres, achei erroneamente que unhas curtas eram fortes indícios de homo ou bissexualidade. Não são. Muitas delas têm unhas compridas e muito bem feitas. Outro grande erro são as roupas. Conheço meninas que se vestem praticamente como homens e são totalmente heterossexuais. Ou pelo menos só se envolveram com homens até onde eu sei. Por outro lado, há lésbicas extremamente femininas. Sério, você nunca nem imaginaria a preferência sexual delas.

Falar de homens também não demonstra nada. Tenho uma amiga lésbica que vive falando de homens que ela acha lindos. Mas óbvio que ela não diz querer se envolver com eles.

Talvez um dos maiores indícios seja não comentar sobre a vida amorosa. Há mulheres e homens mais discretos que não gostam de sair por aí anunciando com quem namoram. Eles não querem uma “invasão de privacidade” que trará fofocas e maledicências. Pode parecer besteira, mas ninguém gosta disso. No meu trabalho, por exemplo, não costumo falar sobre o assunto. Minha intenção é falar apenas com os mais confiáveis. No fundo, acho que isso é uma besteira. Não precisamos esconder nada. Mas, por enquanto, prefiro me preservar.

No caso dos homens bissexuais, existe a mesma dificuldade. Geralmente eles namoram mulheres e já tiveram experiência com homens, mas falaram com pouquíssimas pessoas sobre o assunto. Confidenciar algo assim poderia fazer com que as mulheres se afastassem. Afinal, muitas delas têm preconceito com homens bissexuais. Elas, na verdade, acham que eles são gays enrustidos e temem que uma hora serão trocadas por um homem.

Pode ser o caso de alguns que não conseguem se aceitar como homossexuais. Mas não são todos. Há vários relatos de homens que genuinamente se atraem por homens e mulheres.

Por isso, sempre quando me perguntam: “Como descobrir se uma pessoa é bi ou homossexual?”, eu respondo: “Você só vai realmente saber se ela te dizer”.

E para fazer essa pessoa dizer demonstre que você não tem preconceito, que vê essa questão de forma natural e que tem vários amigos gays e lésbicas. Será mais fácil fazer a pessoa “se soltar”.