VideoLésbicas norte-americanas fizeram um vídeo* bem-humorado pedindo apoio ao casamento homossexual. Para “incentivar” mulheres heterossexuais a participarem dessa campanha, elas “ameaçaram” roubar seus namorados.

As lésbicas justificam que são muito mais “interessantes” aos homens, visto que elas jogam videogames e eles poderiam se sentir à vontade para olhar outras mulheres (porque elas também estariam olhando).

Para que ninguém invente alguma revolução por aqui, obviamente tudo se trata apenas de uma brincadeira. Primeiro porque nem todas as heterossexuais são absurdamente vaidosas e “anti-games”. Conheço várias que adoram jogos, que não fazem as unhas e muito menos passam horas no shopping.

E em segundo lugar porque, na verdade, muitas lésbicas (ou bissexuais) é que fazem tudo isso. A minha namorada é um exemplo. Ela não é uma patricinha (para minha sorte), mas é extremamente vaidosa. Nesse final de semana tive que esperar duas horas até ela acabar de arrumar os cabelos, fazer a maquiagem e por aí vai…(risos). Jogos? Quando eu mostrei a ela o vídeo, ela não conhecia o nome de nenhum game. E shopping? Precisamos passar longe. Se ela entrar em alguma loja, algumas horas do meu dia certamente irão se esvair. Sem contar que ela é ciumenta. Eu nem arriscaria olhar para o lado (nem ela). Não é porque gostamos de mulher é que vamos ficar admirando outras por aí.

Se lésbicas viessem a namorar um homem, obviamente eles não poderiam olhar para o lado – não mesmo. Mesmo que elas estivessem fazendo o mesmo (risos).

Mesmo sabendo que a brincadeira não poderia se tornar realidade, não existem motivos para as heterossexuais não apoiarem o casamento homossexual. Existe? É melhor dizer que não… já estou pensando em alguns vídeos. Brincadeira. Mas a causa é séria.

* O vídeo foi indicado gentilmente por uma leitora. Agradeço a sugestão mais uma vez

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=K7yas1hPjuY]