Contos-de-FadasA ignorância das pessoas ainda nos faz ficar dentro da caixinha. O galã da novela não pode ser gay na vida real. O jogador de futebol pode ver sua carreira desabar se confessar sua homossexualidade. Homem bi? Nem pensar, só se for bi de “bicha”, como muitos homens gostam de “brincar”. Mulher bi até pode, mas só porque atende a uma tara sexual masculina.

E continuamos fingindo que o mundo inteiro é heterossexual e que esse é o padrão certo a seguir. Continuamos tendo vergonha de admitir que fazemos parte de uma minoria. Mas será que gays e bissexuais são mesmo uma minoria? Ou será que a maioria das pessoas não admite seus verdadeiros sentimentos?

Quantos e-mails já não recebi de pessoas dizendo que têm vergonha de contar o que realmente sentem para alguém? São jovens, casados, noivos, amantes, machão, mulher feminina, masculina e todo o tipo de gente que você possa imaginar.

E para a maioria dessas pessoas, acredito que esse assunto ficará restrito apenas ao mundo virtual. Elas nunca entrarão em nenhum tipo de pesquisa para determinar quantos gays e bissexuais existem no mundo. Nem falarão a respeito com os amigos. Aliás, se rolarem brincadeiras sobre homossexuais, eles podem participar. Vão até fingir que acham graça. E enquanto elas fingem, os amigos ao lado também podem estar fingindo.

Dessa forma, continuamos acreditando em um mundo que não existe.

The page you were looking for doesn't exist (404)

404!

The page you were looking for doesn't exist.

You may have mistyped the address or the page may have moved.