Quais são as principais séries que melhor representam o cenário LGBTQIA (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Transexuais, Queer, Intersexual e Assexual)? O BlogSouBi recomenda 9 delas. Alertamos para assistirem com moderação. Há riscos de vício profundo (risos).

The L Word

Indispensável. Essa é uma das séries mais importantes para quem quer “libertar” a sexualidade. Dramas intensos,
traição, negação da homossexualidade, amor verdadeiro e paixões não correspondidas fazem de The L Word uma das melhores séries sobre a temática LGBTQIA. Ponto negativo apenas para a última temporada. Parece que perderam a mão, mas ainda assim vale a pena assistir a todos os episódios.

[Trailer]

The Orange is the New Black [Série original do Netflix]

A história se passa em uma pisão feminina federal. A comédia trata com leveza os problemas e romances das prisioneiras. A protagonista é Piper Chapman (Taylor Schilling), presa por ter ajudado a ex namorada, Alex Vause (Laura Prepon) a transportar uma mala de dinheiro do tráfico de drogas. O problema é que quando a prisão acontece, Piper está noiva de um homem e ao reencontrar Alex começa a repensar o relacionamento.

[Trailer]

RED [Disponível no BlogSouBi]

Um romance inesperado surge entre duas atrizes e colegas de trabalho. Uma é lésbica convicta, a outra é casada com um homem. As dificuldades em lidar com o novo sentimento e a força da primeira paixão lésbica farão você viciar nessa websérie.

Assista no BlogSouBi.

Pretty Little Liers

Focada mais no público adolescente, a trama gira em torno de um grupo de amigas que reúne segredos e mistérios acerca do assassinato de uma delas.  Uma das personagens, Emily (Shay Mitchell) é lésbica e tem medo de compartilhar a sexualidade com as amigas. Uma boa parte da trama envolve as dificuldades de aceitação de Emily e o relacionamento com mulheres.

[Trailer]

Sense8 [Série original do Netflix]

O foco não é LGTBQIA, mas o tema é recorrentemente tratado. Oito pessoas, de diferentes países, estão emocionalmente ligadas. Elas podem se comunicar, falar e sentir as emoções das outras. Aos poucos percebem que juntos são uma força poderosa capaz de alterar o curso de suas histórias. A série discorre sobre o romance de um homem gay e o relacionamento entre duas mulheres, sendo uma delas transgênero.

[Trailer]

Modern Family [Disponível no Netflix]

Mostra de uma maneira leve e divertida os dramas e relacionamentos de uma grande família. O destaque, é claro, vai para o casal de gays, formado por Mitchell (Jesse Tyler Ferguson) e Cameron (Eric Stonestreet). O início da trama discorre sobre uma importante decisão do casal: adotar uma criança.

[Trailer - Ative a legenda do Youtube]

Grace and Frankie [Série original do Netflix]

Duas mulheres são surpreendidas quando seus maridos revelam que estão apaixonados um pelo outro. Eles eram sócios e trabalhavam juntos há muito tempo. Elas se aturavam para manter a diplomacia exigida. Agora, Grace and Frankie vão se unir para tentarem superar a situação.

[Trailer]

Queer as Folk

Apesar de ser focada em cinco homens homossexuais, também revela um pouco do mundo das lésbicas e trans. Assim como The L Word, a série retrata a rotina de alguns membros da comunidade LGBTQIA.

Trailer [Ative a legenda do Youtube]

True Blood

Uma série sobre a relação entre humanos, vampiros, fadas e outras criaturas que co-existem na pequena cidade de Bon Temps. Não espere assistir a todo momento cenas gays e lésbicas entre esses seres, mas haverá romance homossexual entre alguns personagens. Para quem gosta de uma boa ficção, magia e luta entre diferentes “espécies” esperará com prazer para ver cenas com conteúdo LGBTQIA. Vale destacar que a protagonista Sookie (Anna Paquin) se declarou bissexual na vida real.

Veja mais:
Os 10 melhores filmes lésbicos que você precisa assistir